Psicomotricidade

O corpo é o nosso universo particular. Nele movemo-nos, sentimos, agimos, percebemos e descobrimos novos universos; nele está tudo devidamente gravado. A psicomotricidade auxilia esse universo em formação, a descobrir-se por inteiro, através da estimulação e exploração concreta do mundo

 

A Psicomotricidade está indicada para problemáticas com:

  • Incidência corporal (dispraxias, perturbações do esquema corporal e da lateralidade, estruturação espacial e temporal, problemas da imagem corporal, problemas psicossomáticos),
  • Incidência relacional (dificuldades de comunicação e de contacto, inibição, hiperactividade, agressividade, etc.)
  •  Incidência cognitiva (dificuldades de aprendizagem, défices de atenção, de memória e de organização perceptiva, simbólica e conceptual), podendo ser utilizada de uma forma preventiva, educativa e/ou terapêutica.

 

A intervenção psicomotora tem, assim, como objetivo a modificação e/ou promoção dos processos cognitivos, afectivos ou motores que se encontram empobrecidos, através do corpo e do seu movimento organizado e integrado, em função das experiências vividas pelo sujeito.

Através da utilização de técnicas de relaxação e consciencialização corporal, educação gestual e postural, atividades expressivas, terapia e reeducação gnoso-práxica e, essencialmente, através de atividades lúdicas,

“Pensar o corpo para o corpo poder sentir, sentir o corpo para o corpo poder pensar.”